Search
Close this search box.
P U B L I C I D A D E

Após determinação da CGU, Abraham Weintraub é demitido da Unifesp

Segundo órgão, ex-ministro da Educação teve 218 faltas injustificadas ao trabalho. Ele prometeu reagir à punição.

Redação PIXTV (Digital)

7 de fevereiro de 2024

atualizado às 15:55

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi demitido da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), onde exercia o cargo de professor, após determinação da Controladoria-Geral da União (CGU). A portaria de demissão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7) e, segundo o órgão, a medida foi tomada por frequentes e injustificadas faltas ao trabalho por parte dele.

Como a exoneração do serviço público é consequência de um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), Weintraub se torna inelegível para ocupar qualquer cargo público pelo prazo de oito anos, conforme previsto na Lei Complementar 64/1990.

Economista, Weintraub foi ministro da Educação entre abril de 2019 e junho de 2020, quando deixou a equipe de governo do então presidente Jair Bolsonaro para assumir um cargo de diretor no Banco Mundial, em Washington – posto ao qual renunciou em abril de 2022.

Em nota, a CGU informou que a exoneração foi motivada por “inassiduidade habitual” entre outubro de 2022 e setembro de 2023, período durante o qual o ex-ministro faltou 218 vezes ao trabalho, sem justificar o motivo do não comparecimento. “A penalidade decorreu de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado com base na Lei 8.112/1990, que garantiu [a Weintraub] o direito à ampla defesa e ao contraditório”, assegurou a CGU.

Também em nota, a Unifesp garantiu que todos os procedimentos e medidas administrativas seguiram os ritos previstos, conforme determina a respectiva legislação. “Desde o recebimento da denúncia inicial, via Ouvidoria, em 13 de abril de 2023, a universidade adotou todas as diligências cabíveis para apurar os fatos e colher os documentos necessários, instaurando um processo administrativo disciplinar (PAD) cuja apuração ocorreu sob sigilo, seguindo as determinações legais.”

O que diz Weintraub

O ex-ministro prometeu reagir à punição. Ele anunciou que fará uma edição especial de seu programa em rede social “Weintraub Sem Filtro” nesta quarta-feira para tratar do tema.

Com informações da Agência Brasil

VEJA TAMBÉM:

DCIM101MEDIADJI_0579
Veja os shows nacionais da 24ª Quermesse de Garopaba (SC)
modelo siteYT (25)
Garopaba (SC): saiba os dias de cada atração da 24ª Quermesse
modelo siteYT (10)
Garopaba (SC): casal é preso por tráfico no bairro Campo Duna
modelo siteYT (2)
Tombamento de caminhão deixa três feridos em Garopaba (SC)
modelo siteYT (2)
Garopaba (SC) abre inscrições para Rainha da XXIV Quermesse
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E