Search
Close this search box.
P U B L I C I D A D E

Trem expresso poderá ligar Porto Alegre a Gramado (RS)

Proposta da iniciativa privada foi detalhada em reunião com as pastas de Logística e Transportes e do Meio Ambiente e Infraestrutura. 
Encontro tratou dos benefícios e desafios do projeto, que é da iniciativa privada. | Foto: Fabrício Santos/Ascom Sedec

Redação PIXTV (Site)

12 de abril de 2024

atualizado às 10:34

A proposta de um trem para ligar Porto Alegre a Gramado, na Serra Gaúcha, foi tema de reunião nesta quinta-feira (11) na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em Porto Alegre. O encontro contou com a participação de representantes das pastas de Logística e Transportes e do Meio Ambiente e Infraestrutura. 

Projeto da iniciativa privada, a ideia é que os 84 quilômetros que separam as duas cidades sejam percorridos por um trem expresso com capacidade para em torno de 250 lugares e viagem estimada de uma hora. O trem seria uma alternativa pela alta demanda turística na região e pelos congestionamentos diários na BR-116, que acessa a Serra, e nos centros de Gramado e Canela. A projeção é de que o fluxo seja de 1 milhão de passageiros por ano em cada trecho.

As empresas responsáveis pela proposta – RG2E Engenharia Consultiva, STE Engenharia e BF Capital e SulTrens – detalharam os passos legais e estruturais para a implementação do modelo. Os estudos de demanda, turismo, engenharia e topografia da região foram apresentados durante a reunião. As três opções de trajetos passam pelas áreas rurais, sendo o ponto de partida o entorno do aeroporto Salgado Filho, na capital, o que facilitaria pela chegada de turistas de outros estados e de fora do Brasil.

Entre os desafios do projeto está a questão logística, pelas características geográficas da Serra. No entanto, as empresas asseguraram conhecer a tecnologia necessária para percorrer o trajeto. Foi lembrado que, nos anos 1960, já houve uma ferrovia que ligava Porto Alegre a Gramado, e que hoje a engenharia está muito mais avançada. Foram abordados também tópicos relacionados à segurança, com a exemplificação da sinalização de cruzamentos.

"Estamos falando de uma região cuja demanda turística cresce cada vez mais, com novas atrações surgindo e valorizando o município. Em qualquer lugar desenvolvido, o transporte ferroviário é uma realidade. Seria ótimo para o Estado ter essa opção, que não só atrairia mais turistas, mas também novos investidores", disse o titular da Sedec, Ernani Polo.

Sobre as etapas futuras, Polo explicou que, na próxima semana, será feita uma reunião para avaliação interna do material apresentado com as secretarias envolvidas. Posteriormente, o tema será tratado com os municípios que seriam impactados pela passagem do transporte.

O secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, falou sobre o grande desafio que o projeto representa. “É importante que o governo esteja envolvido em todas as etapas”, pontuou.

“É um projeto que colaboraria para o desenvolvimento socioeconômico. Vamos contribuir para que, no caso de avançar, se estruture com sustentabilidade”, disse o secretário-adjunto do Meio Ambiente e Infraestrutura, Marcelo Camardelli Rosa.

“Um dos vetores importantes do desenvolvimento do Estado é o turismo na Serra. As obras civis e a engenharia geram emprego no Rio Grande do Sul”, lembrou o administrador da SulTrens, Renato Grillo Ely.

Fonte: Secom RS

VEJA TAMBÉM:

DCIM101MEDIADJI_0579
Veja os shows nacionais da 24ª Quermesse de Garopaba (SC)
modelo siteYT (25)
Garopaba (SC): saiba os dias de cada atração da 24ª Quermesse
modelo siteYT (10)
Garopaba (SC): casal é preso por tráfico no bairro Campo Duna
maquinas-fantasmas-em-imbituba-944x531
Operação apura fraudes na Prefeitura de Imbituba (SC)
modelo siteYT (2)
Garopaba (SC) abre inscrições para Rainha da XXIV Quermesse
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E