Search
Close this search box.
P U B L I C I D A D E

Turista argentina é indiciada por racismo em Bombinhas (SC)

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita xingou de "macacos" e "negros de merda" funcionários de pedágio da cidade em pelos menos três ocasiões diferentes.

Redação PIXTV (Digital)

15 de dezembro de 2023

atualizado às 13:04

Uma turista argentina de 32 anos investigada após proferir ofensas racistas contra funcionários do pedágio da Taxa de Preservação Ambiental (TPA) de Bombinhas, no Litoral Norte de Santa Catarina, foi indiciada pela Polícia Civil. O inquérito, concluído nesta quinta-feira (14), apontou que a mulher chamou os trabalhadores de "macacos" e "negros de merda" em pelos menos três ocasiões diferentes.

De acordo com a Polícia Civil, tudo começou no final do mês de novembro, quando uma família de argentinos se recusava a parar seus veículos no pedágio na entrada da cidade, alegando serem isentos do pagamento, já que possuem imóvel no município.

Porém, conforme constatado pelos investigadores, todo veículo com placa estrangeira, ainda que isento, deve parar e apresentar o documento com QR Code de isenção para ser liberado, o que eles se recusavam a fazer. Apenas placas brasileiras isentas podem passar direto.

Durante as investigações, a polícia teve acesso a cinco vídeos feito por funcionários do pedágio e, em três deles, a suspeita aparece ofendendo os funcionários. Os crimes ocorreram em ao menos três oportunidades diferentes e foram praticados pela mesma mulher.

O delegado responsável entendeu que as ofensas raciais não eram direcionadas a pessoas específicas, mas a qualquer brasileiro que estivesse presente, tendo como motivação única e exclusivamente a procedência nacional daquelas pessoas, ou seja, o Brasil, o que se enquadra ao previsto no art. 20, “caput” da lei 7.716/89.

A turista foi indiciada pelo crime de racismo praticado por três vezes, de forma continuada. Com a conclusão das investigações, o inquérito foi encaminhado ao Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) para as medidas legais cabíveis.

VEJA TAMBÉM:

Friends choosing a movie to watch together at home, video on demand concept
Fim da pirataria da TV a cabo, também conhecidas como gatonet.
policia-militar-2-800x600
Mãe e filho morrem em grave acidente na BR-282, em Lages (SC)
dasdfG
SC: professora fica cerca de 25 horas desaparecida em Imbituba
1707322309902
PIXTV agora está na plataforma de streaming Zapping
sirene-50992-51979-58637-79519_80157
SC: mulher é encontrada morta e com sinais de violência dentro de casa
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E