Search
Close this search box.
P U B L I C I D A D E

Julgamento de Daniel Alves começa e defesa pede anulação de investigação

Jogador é acusado de agressão sexual contra uma mulher em uma boate em Barcelona há pouco mais de um ano.

Redação PIXTV (Digital)

5 de fevereiro de 2024

atualizado às 10:10

Começou na manhã desta segunda-feira (5) o julgamento de Daniel Alves, acusado de agressão sexual contra uma mulher em uma boate em Barcelona há pouco mais de um ano. Segundo informações da CNN Brasil, os advogados de defesa do jogador solicitaram a anulação de toda a investigação do caso.

A equipe alegou que o brasileiro teve direitos violados, como a presunção de inocência e sofreu um “julgamento paralelo” por parte da imprensa.

De acordo com a advogada Inés Guardiola, Alves “foi vítima de uma investigação policial sem conhecimento do cidadão e sem a possibilidade de se defender”.

Guardiola ainda atualizou a versão do ex-jogador do Barcelona, dizendo que um teste de alcoolemia deveria ter sido feito logo no início. O fator alcoólico pode ser um atenuante em uma eventual condenação.

A defesa de Daniel Alves ainda afirmou que a juíza que determinou a prisão preventiva não aceitou que um segundo perito analisasse a vítima. E pede que se suspenda as provas atuais e que outras sejam feitas. Além disso, Guardiola aportou mais de 450 extratos em que “publicam informações vazadas parcialmente que levam a uma condenação”.

Ainda acrescentou que “a juíza de instrução foi contaminada pelos meios de comunicação e isso deve levar à nulidade do processo e à liberdade do acusado”. Ela afirma que Alves “só testemunhou duas vezes perante a juíza de instrução e não cinco”.

E cita como exemplo que foi publicado que Joana Sanz (mulher do ex-jogador) tinha pedido o divórcio e que isso não aconteceu. Por fim, ela solicitou que Daniel Alves seja o último a prestar depoimento. É esperado que a vítima deponha a portas fechadas nesta segunda-feira.

Relembre o caso

Daniel Alves, de 40 anos, está preso desde o dia 20 de janeiro. A mulher que denunciou o jogador disse à Justiça Espanhola que ele a estuprou no banheiro da área VIP da boate Sutto em 31 de dezembro de 2022. Alves nega ter cometido o crime do qual é acusado, mas entrou em contradição quatro vezes durante depoimentos que prestou às autoridades locais sobre o ocorrido.

O julgamento do jogador na Espanha tem duração prevista de 3 dias, e o brasileiro e 28 testemunhas falarão. Se for considerado culpado, o lateral poderá ser condenado a uma pena de prisão de 4 a 15 anos.

Com informações da CNN Brasil

VEJA TAMBÉM:

DCIM101MEDIADJI_0579
Veja os shows nacionais da 24ª Quermesse de Garopaba (SC)
modelo siteYT (25)
Garopaba (SC): saiba os dias de cada atração da 24ª Quermesse
modelo siteYT (10)
Garopaba (SC): casal é preso por tráfico no bairro Campo Duna
maquinas-fantasmas-em-imbituba-944x531
Operação apura fraudes na Prefeitura de Imbituba (SC)
modelo siteYT (2)
Garopaba (SC) abre inscrições para Rainha da XXIV Quermesse
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E