Search
Close this search box.
P U B L I C I D A D E

Polícia lança portal para a adoção de animais resgatados em SC

Iniciativa busca oferecer um novo lar a animais vítimas de maus-tratos resgatados pela DPA da Grande Florianópolis.
Polícia Civil catarinense lança portal de apoio para a causa animal. | Foto: Divulgação/PCSC

Redação PIXTV (Site)

25 de junho de 2024

atualizado às 10:45

Um dos maiores desafios que a Delegacia de Proteção a Animais Domésticos (DPA) da Grande Florianópolis, da Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC), encontrou ao longo do seu primeiro ano de atuação foi a falta de vagas para viabilizar novos resgates, devido à superlotação tanto de órgãos públicos quanto de parceiros privados e lares temporários.

Para estimular a adoção responsável, a PCSC está lançando Portal de Apoio para a Adoção de Animais Resgatados, dentro da área SOS PETS. Além de um espaço onde são divulgadas fotos de animais perdidos ou à procura do tutor, agora o local também disponibiliza imagem e histórico de animais vítimas de maus-tratos, resgatados pela DPA. 

Para a delegada Mardjoli Valcareggi, titular da delegacia especializada, a causa animal somente é possível de ser trabalhada em rede de atuação, com cada órgão fazendo a sua parte, na sua esfera de atribuições e com a colaboração da sociedade. “Dessa forma, com o apoio da Gerência de Tecnologia (GETIN) da PCSC, foi possível ampliar o sistema SOS PET, com o nome Polícia Civil, visando a conscientizar a população sobre a importância da adoção animal e estimular o ato responsável. Uma das missões da DPA foi a estabelecer melhorias nos fluxos de atendimento a casos de maus-tratos a animais domésticos”, disse.

Com a nova funcionalidade da área SOS PET, quem tiver interesse em adotar um animal que foi resgatado poderá ter acesso às informações pelo site da PCSC, realizar o contato pelo WhatsApp e ser atendido por um policial, que fará o encaminhamento do interessado na adoção para a entidade/pessoa responsável pelo animal, que executará todos os trâmites necessários para a adoção.

No momento, os animais estão sendo cadastrados pela Polícia Civil sempre dos casos em que a DPA atuou, mas a ideia é, futuramente, permitir que o cidadão que fez algum resgate também possa cadastrar o animal disponível para adoção.

Conheça o Portal aqui!

VEJA TAMBÉM:

xr:d:DAFzODDKO9c:3,j:4388040100368043679,t:23110416
Homem que matou vendedor de paçocas em Blumenau (SC) é condenado
2534620-800x445
Homem se masturba e tenta agarrar mulher em praia de Imbituba (SC)
Fast
PIXTV chega no FAST
pescador-desaparecido-1
Corpo de pescador é encontrado em praia de SC
DJI_0923
Terremoto no Chile provoca tremores de terra em cidades de SC
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E